Outras nádegas

 

sábado, outubro 07, 2006

Monique

Eu estou perdida. Enrolada em questões importantíssimas. Vou logo avisando. Conto umas mentirinhas aqui e ali, mas são pequenininhas, saiba logo. Para entender melhor, eu te explico. Tenho quinze anos e sou muito alegre. Eu ando pelo quarto, de um lado para o outro procurando por manias. O tempo inteiro. Nos outros, na cidade, nas árvores, e em mim. Principalmente em mim. E sabe de uma coisa? Eu não tenho, definitivamente não tenho. Estou muito deprimida porque queria muito uma. Daquelas bem lindas sabe. Fico irritadíssima quando dizem essas coisas. Fico perguntando insistentemente se conhecem aquela mocinha que adora esfregar as maçãs com a ponta da blusa até deixá-las reluzentes. Vocês dizem que não. Nunca conheceram. Aí fico triste, eu também não conheço. De que adianta criar lindas mocinhas de olhos meigos se elas não existem? Vocês ficam repetindo e repetindo que são apenas personagens. Mas eu insisto, de que adianta? Se você conhecer essa mocinha me conta? Ou uma que tenha uma mania bem bonita, como colocar flores no decote dos vestidos brancos. Definitivamente eu preciso muito mesmo de uma mania bem bonita. Todas as manias que eu vejo queria para mim, e as que leio, e todos os personagens eu queria ser, mas isso é porque não tenho nenhuma sabe. Sabia que eu poderia até ser os maldosos? Mas não adianta, também não tenho manias maldosas, mas eu gosto de ver as formiguinhas se afogar na piscina. Super normal né. Isso que eu sempre digo. Ah, e gosto também de ver carinha de bebê quando come coisa azeda. É tão bom, você não acha? E quando está frio, mas bem frio mesmo, frio de doer, fico encostando a ponta do nariz no lábio superior. Fico terrivelmente feia, tão feia que se os meninos me olhassem nunquinha que iriam querer me beijar. Ainda não beijei ninguém, é claro. Mas isso não muda nada mesmo. Outro dia me peguei em cima do caderno de matemática analisando uma questão estrambólica. Não sou boa em português sabe. Mas minha caligrafia é ótima. Mas vi na minha mão um blocozinho de durex. Quando não consigo resolver algo, corto pedacinhos de durex de uns cindo centímetros mais ou menos e vou colando um em cima do outro. Fica bem grande. Às vezes faço muitos, às vezes fico entediada logo. Isso é coisa da minha impaciência sabe. Fico horas no computador tentando vencer paciência vegas, nunca consegui. Crio grandes conspirações contra o dono do jogo. E aprendi certo dia com meu professor de religião – aqui entre nós, esse meu professor fede que é uma beleza - fazer um desses nós de barcos antigos, talvez seja um desses que se aprende no serviço militar, eu não sei muito bem. Fiquei muito boa nisso, te juro. Ah, meu nome é Monique.

****

Eu vou ter um layout novo!!!!!!!!!!!!!!!!
Lindíssimo!!!!!!!!
Minha cara.

****

Cris, sou sem jeito e não sei escrever.
Te amo. Linda. Tesuda. Maravilhosa. E te admiro hein.
MUITOS E MUITOS ANOS MAIS.


link | posted by Simy at 2:59 PM |


7 Comments:

Blogger Cris commented at outubro 08, 2006 3:33 AM~  

obrigada, linda. te amo também. bjs

Blogger Yvonne commented at outubro 09, 2006 7:59 AM~  

Simy, adoro você e as suas mulheres maravilhosas. Monique é uma graça. Você tem talento demais garota. Beijocas

Anonymous pecus commented at outubro 09, 2006 11:09 PM~  

Sinto um aroma autobiográfico.

Anonymous edu commented at outubro 10, 2006 9:59 PM~  

Passando pra colocar a leitura em dia e deixar um beijo carinhoso! :-) Tô voltando...

Anonymous Dani commented at outubro 11, 2006 9:21 PM~  

Olá, nos vemos amanhã! Estou com saudades...beijokas

Blogger Cris commented at outubro 16, 2006 9:33 PM~  

ô de casa!!!! tem alguém aí??? temos saudades e uma viagem à sampa pra planejar... mexa-se! bjs

Blogger Luciana commented at outubro 17, 2006 10:10 PM~  

Gata, voltei! :) Te espero lá no blog novo! Beijo.

Want to Postar um comentário?

powered by Blogger